Páginas

sábado, 7 de maio de 2011

SUCESSO É TER CARRO?

Olá a tod@s!

Já viram este filme?
Com as mudanças que tive recentemente em relação à trabalho e salário, vez ou outra me fazem uma pergunta peculiar: "E aí? Quando compra seu carro?". Parece que existe uma ligação intrínseca entre o homem e o veículo de quatro rodas.

Saibam vocês, se é que já não escrevi aqui em outra data, que não sou um grande fã dos carros. Tenho enrolado as minhas aulas de direção defensiva ao máximo (meu professor também é um babaca). Os órgãos ligados à minha habilitação não primam pela honestidade conforme se tem noticiado ultimamente, e vou comprar carro para conduzir Miss Daisy ao mercado e ao trabalho na capital, pois a moça não quer aprender a dirigir, com medo do trânsito da metrópole. Sobrou pra mim.

Nesse meio-tempo, torço para que a linha Jade, a ligação ferroviária de Guarulhos com o resto do mundo saia logo do papel:

"A Linha 13 - Jade, também conhecida como Trem de Guarulhos, é uma linha em projeto a ser construída pela CPTM que interligará o Brás à estação Zezinho Magalhães, no Parque CECAP, em Guarulhos." Leia mais AQUI

Assim continuarei a usar a minha velha bicicleta para ir ao trabalho e que o transporte público exerça seu papel de levar e trazer as pessoas com energia (mais ou menos) limpa, segurança e conforto. Mas voltando ao assunto...


Gente Bem-sucedida

Foto de André Dahmer
Não consigo ver a ligação entre o carro e o sucesso como se pinta nos comerciais da tevê. Sim, os ditos comerciais mostram o cara branco dirigindo em uma paisagem paradisíaca com seu carro cheirando a novo. Quando falo paradisíaca ou ela é mesmo uma, com direito à montanha, lago azul e céu brilhante, ou ao menos se aproxima disso através de ruas sem quaisquer outros carros atrapalhando. Alegria de motorista é dirigir em dia de domingo?

Reparem que uso o termo O MOTORISTA porque é sempre homem que dirige. A mulher, quando aparece no comercial, é mera peça decorativa, seja dentro ou fora. Se está fora logo entrará, pois carro é para "catar" mulher. Isso me lembra um texto antigo onde Plutão/Hades rapta Perséfone e a leva em seu carro rumo ao Submundo.

"O raptor excitou os cavalos, chamando-os cada um por seu nome e soltando sobre suas cabeças e pescoços as rédeas cor-de-ferro. Quando chega ao Rio Cíano, e este se opôs a sua passagem, Plutão feriu a margem do rio com seu tridente, a terra abriu-se e deu-lhe passagem para o Tártaro." Leia AQUI o restante.

Quando chego em casa após meia-hora de pedalada vindo do emprego, juro-lhes, não invejo meus estressados vizinhos motoristas. Ainda quero viver a vida sob duas rodas por muito tempo! Rs!


Saúde, amizade, liberdade.

Ps.: mas, todavia, no entanto, se for para comprar um forçosamente, quem sabe não escolha o veículo abaixo, kakakakaka! Se é para virar motorista, que seja em grande estilo!


4 comentários:

  1. Bom dia! adorei a postagem. Moro em um bairro da zona norte e vou trabalhar a pé. Há muitos anos não ando de bicleta. No meu trabalho fica dificil um lugar decente para bicicletas, porisso vou e volto a pé.

    Abraços,

    Elaine

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro andar de bicicleta, pena que não posso ir até o meu trabalho com ela pois ele fica numa cidade vizinha :(

    ResponderExcluir
  3. Olá, Elaine.

    Também gosto de andar à pé. Aliás, muitos dos textos que escrevo aqui são "paridos" em caminhadas que faço. Rs!

    ResponderExcluir
  4. Nion, como vai?

    Há casos e casos e é preciso buscar uma solução interessante para cada um. Uma vez precisava ir até uma cidade vizinha. Mas o ônibus que me levaria lá passava longe de casa. Peguei minha bike e fui até o ponto, deixando-a presa em um lugar seguro. Retornei, busquei a magrela e voltei para casa.

    Cada situação é diferenciada e nem todas se aplicam as minhas. Mas sei que buscará o modo mais eficiente para resolver as questões de seu dia-a-dia. Mas meu irmão, que mora a 1km de minha mãe, vai lá de carro. É mole?

    ResponderExcluir

Cultivaram esta Semente: